blog de|notícias

Postado em 18 de Agosto de 2016 às 14h20

Mercado masculino de higiene e beleza segue em crescimento

Mercado (3)
Inteleco Inteligência Competitiva Segmento resiste à retração do setor brasileiro de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos Eles querem mais produtos dedicados ao público masculino! Este foi o recado dado no Workshop sobre o Mercado...

Segmento resiste à retração do setor brasileiro de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos

Eles querem mais produtos dedicados ao público masculino! Este foi o recado dado no Workshop sobre o Mercado Masculino realizado pela ABIHPEC – Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos – que reuniu representantes da indústria para falar sobre o tema. O evento trouxe dados sobre o desempenho desta categoria, que cresceu 2,4% em 2015, representando mais de R$21 milhões do faturamento total do setor.

Além dos dados setoriais, o Instituto Qualibest produziu uma pesquisa para a ABIHPEC sobre os hábitos de consumo do homem brasileiro e o levantamento apontou que 43% dos homens entrevistados consideram-se supervaidosos. “Quando questionados sobre o que significa a vaidade masculina, a maioria respondeu que a vaidade masculina está ligada à valorização da autoestima e cuidado com a saúde e bem-estar”, comentou Raul Porto, executivo da Qualibest.

Se antes os homens tinham vergonha de ir ao salão de beleza, esse tabu ficou para trás. 83% dos entrevistados afirmaram que já foi o tempo em que só as mulheres se preocupavam com sua aparência e 54% deles já frequentam regularmente salões de beleza e barbearia sem o menor receio. “Hoje em dia os homens têm uma série de produtos dedicados ao cuidado do cabelo, da barba e da pele. Temos certeza que este é um segmento com alta capacidade de expansão, pois ainda temos muitos tipos de produtos para explorar” afirmou Daniel Oliveira, gerente de Inteligência de Mercado da ABIHPEC.

“Nos últimos cinco anos o segmento de produtos masculinos cresceu 16% e este mercado posiciona-se como o segundo maior consumidor do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos” comentou Oliveira

Entre as curiosidades apontadas pelo levantamento sobre os hábitos de consumo dos homens brasileiros a pesquisa também apontou que, apesar do aumento da procura por produtos especializados, eles ainda não estão satisfeitos com os itens disponíveis no mercado e buscam por mais opções de produtos para o cuidado com a barba, maquiagens com efeito corretivo e cremes depilatórios para o corpo.

“A indústria brasileira de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos está atenta à demanda do mercado e segue investindo em inovação para este segmento. Temos certeza que os homens têm o mesmo potencial de consumo que as mulheres e vamos trabalhar para entregar produtos que atendam as expectativas deste público” finalizou João Carlos Basilio, presidente executivo da ABIHPEC.

Fonte: New Trade

Veja também

Mercado de materiais de construção com boas perspectivas11/08/16 Como nos períodos anteriores, o primeiro semestre de 2016 ficou marcado por queda nas vendas do varejo de material de construção da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). O assessor econômico do Sincomavi, Jaime Vasconcellos, lembra que a partir do segundo semestre de 2015 o quadro se mostrou muito retraído, o que culminou com uma queda de 12,5% no volume de vendas......
Pedidos de recuperação judicial batem recorde no 1º semestre, diz Serasa31/08/16 Para economistas, recorde histórico atingido pelos pedidos de recuperação judicial revela gravidade da atual crise econômica Os pedidos de recuperação judicial dispararam 87,6% de janeiro a junho deste ano, ante......
BNDES cria linha de R$ 5 BI para compra de empresas em recuperação judicial31/08/16 O Governo federal anunciou nesta quinta-feira um processo de revitalização dos ativos do BNDES, conforme antecipou o site do GLOBO. Por ele, as empresas terão um volume de crédito de pelo menos R$ 5 bilhões exclusivo para a......

Voltar para Blog